sexta-feira, 6 de junho de 2014

Nota de repúdio as ações do governo neste final de semestre nas escolas Públicas, em especial no Cerqueira César.

São as ações do governo que comprovam o descaso com a educação.
O governo não quer que a escola funcione e aqui temos mais confirmações para fundamentar suas atitudes desrespeitosas, autoritárias e extremamente prejudiciais ao bom andamento da qualidade do Ensino Público. Se não bastasse retirar a autonomia de fato e de direito da escola, condição primordial para gerir, administrar e resolver seus problemas, cospe no planejamento anual e troca professores efetivos da casa sem nenhuma ressalva, no meio do ano letivo, no momento em que os alunos já estão adaptados a forma de trabalho do professor, acarretando tremendo transtorno a todos os envolvidos, professores, alunos e gestores, pois, retirar aulas atribuídas nessa fase, é promover o caos na escola, que agora terá que adaptar novos horários para as aulas, provocando certa fragilidade nos próximos e novos conteúdos, haverá desgaste para saber o que já foi transmitido pelo professor anterior, tudo porque resolveu retirar as aulas de professores efetivos que já estavam adaptados à escola, trabalhando o período fechado, para fazer com que eles se desloquem de uma escola para outra com poucas aulas em cada uma, o que vai resultar em faltas e atrasos devido ao deslocamento. Isso, foi o que ele (o governo) fez comigo e com outros colegas da Escola José Alves de Cerqueira César. A partir de hoje dia 5/6/2014 nossos alunos estão com outra pessoa, terão que recomeçar tudo e os professores terão que procurar outras escolas para trabalhar, voltando a dificultar todo o processo, bem como as condições de trabalho, atrapalhando a vida de todos e acima de tudo prejudicando o bom andamento da qualidade de ensino. Só resta nesse momento lamentar e dar ciência dos fatos que vem comprovando o efeito nefasto das ações do poder público diante da educação brasileira.
Denis Basílio de Oliveira – professor efetivo desta unidade; alimenta e administra o Facebook e o blog do Cerqueira César nas madrugadas e finais de semana sem respaldo, sem colaboração, sem esperar nada em troca, simplesmente pelo amor a profissão e por acreditar que um dia o respeito, a seriedade e a confiança pelos profissionais da educação possam voltar a fazer parte da sociedade.

Da teoria para a prática. Da apostila para o palco. Do pensamento para a ação

Uma escola dinâmica transforma as aulas em espetáculo e permite a participação de todos. A dança, uma das modalidades da Arte, está presente no dia a dia da sociedade e foi trabalhada com os alunos fora da sala de aula.














quarta-feira, 9 de abril de 2014

Autoavaliação Institucional - Dia 09/04/2014

Hoje, aconteceu algo realmente muito interessante na Escola Estadual José Alves de Cerqueira César. Tivemos a participação em uma palestra em que o assunto em pauta, pelo que eu entendi, é unirmos forças, para que juntos possamos encontrar uma forma de promover melhorias no desempenho da escola, ou seja, focar os problemas que atrapalham o bom andamento das aulas e ficar atentos no rendimento dos alunos. Eu fiquei muito preocupada porque tomamos conhecimentos de que há coisas que podemos fazer para ajudar, ou pelo menos nos esforçar, mas que também existem outras que fogem ao nosso “poder” tornando-as IRREALIZÁVEIS. Mas, fico contente de ver que a escola se preocupa, assim como nós em melhorar o aprendizado de nossos filhos. Esta forma de parceria vai valer a pena. Parabéns diretores, professores e pais presentes.  
Por: Roseli A. Silva Santos – Mãe e colaboradora.
















segunda-feira, 24 de março de 2014

Segundo o governo, ninguém do Cerqueira César trabalhou.

Segundo o governo, nós do Cerqueira César fomos incompetentes, não trabalhamos, não ensinamos nada aos nossos alunos, nossos alunos não aprenderam nada, portanto não receberemos a suposta gorjeta (bônus) este ano. Segundo o governo, os professores do Cerqueira César não tem compromisso com a educação, não ligam para os alunos e não querem trabalhar. Segundo o governo, professor não é profissão é atividade filantrópica e deve ser exercida apenas por amor. Segundo o governo, que deve estar acompanhando de perto o que faço, eu não trabalhei como deveria. A escola não merece nenhuma gratificação porque não faz nada direito. Segundo o governo esta escola não merece bônus porque provavelmente não tem professore preparados para fazer o que ele deseja. Segundo o governo, os professores do Cerqueira serão punidos por não conseguirem motivar seus alunos nem despertar o interesse pelos estudos. Enfim, segundo o governo, nada do que foi realizado na escola teve importância ou mereceu alguma atenção. Segundo o governo todos são iguais (semelhantes a máquinas) e merecem tratamento igual. Professores serão tratados sempre em segundo plano, segundo o governo. Será que todos sentem também da mesma forma esse descaso?

quinta-feira, 20 de março de 2014

Dia Nacional da Poesia com tarde de autógrafo dos livros escritos e ilustrados pelos alunos.

O dia Nacional da Poesia foi comemorado na E. E. José Alves de Cerqueira César em grande estilo com a entrega dos livros independentes produzidos pelos alunos e muita poesia.
Representando a Academia Guarulhense de Letras, estava presente Bosco Maciel, Antonia Vaz e Aura Gold declamando poesias e falando da importância da leitura e do gosto pela poesia.
Compareceram também Renata, Grace e Adriana, PCNP da Diretoria de Ensino Guarulhos Sul. O Evento foi dividido em duas partes: antes do intervalo os 8º e 9º anos e depois do intervalo os 6º e 7º anos. Aprender fazendo é o jeito de ensinar do Cerqueira César.